Você que já foi criança, ou ainda é que nem eu, certamente já se divertiu colocando uma pipa no alto, ou no ar, ou empinando ela, como seja que diz na sua região. Mas você sabe como toda essa "brincadeira" começou?

Clique na imagem abaixo e vamos matar essa curiosidade inútil, mas que fará de você um sabedor das sabedorias sobre pipa ou papagaio ou cafifa ou pandorga ou raia ou...

CURIOSIDADES SOBRE A HISTÓRIA DA PIPA QUE TALVEZ VOCÊ NÃO SABIA

A pipa é um brinquedo que voa baseado na oposição entre a força do vento e a da corda ou linha segurada pela pessoa no controle dela.
É composta de papel que tem a função de uma espécie de asa, sustentando o brinquedo em varetas de bambu, em alguns casos de plástico.
Conforme o modelo, pode contar com uma rabiola feita de plástico ou papel que serve para proporcionar estabilidade, aerodinâmica e equilíbrio.

CURIOSIDADES SOBRE A HISTÓRIA DA PIPA QUE TALVEZ VOCÊ NÃO SABIA


A pipa é uma das escolhas mais divertidas para as férias ou outras ocasiões escolhidas não só pelas crianças, mas também pelos adultos.
Mas você sabia que elas tiveram origem na China antiga?

Pois é, a pipa tem suas origens no Extremo Oriente e, certamente, na China, onde ela nasceu há 3000 anos atrás. Intimamente ligada à religião e mitologia, ela foi usada para chamar a atenção das mentes, e muitas vezes tinha a forma de um pássaro.

CURIOSIDADES SOBRE A HISTÓRIA DA PIPA QUE TALVEZ VOCÊ NÃO SABIA


Outra utilidade da pipa na antiguidade, por volta do ano 1200 a.c. foi utilizar como dispositivo de sinalização militar. Os seus movimentos e cores eram como mensagens transmitidas à distância entre destacamentos militares.
O político e inventor norte-americano Benjamin Franklin utilizou uma pipa para investigar e inventar o para-raios.

Hoje, a pipa mantém a sua popularidade entre crianças de todas as culturas, e existem campeonatos em diversas regiões.

CURIOSIDADES SOBRE A HISTÓRIA DA PIPA QUE TALVEZ VOCÊ NÃO SABIA

No uso cotidiano, os utilizadores se valem do cerol, uma mistura cortante de pó de vidro e cola de madeira utilizado na linha da pipa com o objetivo de cortar a linha de outra pipa oponente. Esta prática não é muito incentivada pelas organizações de saúde pois podem causar graves acidentes em pedestres ou motoqueiros.

CURIOSIDADES SOBRE A HISTÓRIA DA PIPA QUE TALVEZ VOCÊ NÃO SABIA


A prática de pipa foi difundida na Ásia e no mundo no século XII. Marco Polo fez um estudo abrangente destas em sua descrição do mundo. Além do aspecto divertido, a pipa também serviu de apoio para a investigação científica.

CURIOSIDADES SOBRE A HISTÓRIA DA PIPA QUE TALVEZ VOCÊ NÃO SABIA


Mas só em meados do século XVIII a pipa foi mais usada para encontrar vestígios de experiências, como fez o escocês Alexander Wilson, que mediu a mudança na temperatura do ar em função da altitude, com termômetros associados a seis pipas juntas para contenção e espalhadas sobre uma altura de 900 metros.

Ou, como o mais famoso Benjamin Franklin, que em 1752 mostrou que o raio era um fenômeno elétrico, lançando um papagaio em uma tempestade.

CURIOSIDADES SOBRE A HISTÓRIA DA PIPA QUE TALVEZ VOCÊ NÃO SABIA


Trabalho de investigação sobre as pipas foram utilizados para a base da aeronáutica, e permitiu ao homem satisfazer sua vontade antiga de voar. Os pioneiros do gênero usando grandes pipa, garantiram elevação estável bem adequada.

CURIOSIDADES SOBRE A HISTÓRIA DA PIPA QUE TALVEZ VOCÊ NÃO SABIA


Em 1948, um engenheiro da NASA Francis Rogallo, desenvolveu um flexível para permitir ao mesmo se adaptar em vento. Sua asa é o ancestral de ultraleves, asa-delta e as pipas acrobáticas utilizadas em eventos.
Em 1901, Rogallo patenteou uma versão alada da pipa celular, que levantou um homem.

CURIOSIDADES SOBRE A HISTÓRIA DA PIPA QUE TALVEZ VOCÊ NÃO SABIA


Outra curiosidade sobre as pipas é que no Egito, hieróglifos antigos já contavam de objetos que voavam controlados por fios. Os fenícios também conheciam seus segredos, assim como os africanos, hindus e polinésios.

A pipa é chamada de várias formas e significados pelo mundo, por exemplo:

  • Alemanha: Drachen, Papierdrachen, Hirschkafer, e, no leste, Alf
  • Argentina: Barrilete, Cometa e Volantin
  • Chile: Volantin e Cambucho
  • China: Feng-cheg (jogo ou joguete do vento)
  • Cuba: Capuchina, Chiringa
  • Espanha: Cometa
  • EUA e Inglaterra: Kite
  • França: Cerf-volant
  • Itália: Aquilone e Ciervo volante
  • México: Papaloti (mariposa)
  • Rússia: Z'=mei (serpente)
  • Uruguai: Cometa

Outros países de língua espanhola: Birlocha, Pandorga, Milocha, Bola, Papalote, Pájara, Pajarilla, Pájaro, Bitano, Dragon.

Como significado, a palavra "Dragão" revela-se a mais universal e a origem desta preferência remonta à mitologia oriental, segundo a qual o dragão produz vento e chuva, benefícios para a humanidade.

CURIOSIDADES SOBRE A HISTÓRIA DA PIPA QUE TALVEZ VOCÊ NÃO SABIA


No Brasil, conhecemos as pipas através dos colonizadores portugueses por volta de 1596.
Um fato pouco conhecido de nossa história deu-se no Quilombo dos Palmares, quando sentinelas anunciavam por meio de pipas quando algum perigo se aproximava, mais uma prova de que a pipa era conhecida na África há muito mais tempo, pois os negros já cultuavam-na como oferenda aos deuses.

Os nomes que a pipa ganhou aqui derivam do animismo que o povo atribuiu ao objeto. Por sua semelhança com a "arraia" ou "raia", a pipa é assim chamada em muitos lugares do país. Por sua variedade de cores e pela circunstância de voo, ela é também denominada "papagaio".

No Rio Grande do Sul é uma autêntica tradição espanhola o velho costume de empinar pipas na sexta-feira santa. As pessoas saem cedo de casa, com um farnel na mão e a pipa pendurada nas costas, e seguem para os cerros da região, longe dos fios que fazem a transmissão de energia, para dedicar-se ao esporte.

CURIOSIDADES SOBRE A HISTÓRIA DA PIPA QUE TALVEZ VOCÊ NÃO SABIA






« Post Anterior Próximo Post »